fevereiro 04, 2015

Shame on me

Depois de muito refletir e acordar de noite a pensar no assunto, decidimos que o pequeno ia deixar de ir tantas vezes para o infantário uma vez que estou em casa (mas tenciono que seja muito breve).

Então, numa conversa com a educadora, descobri que há a possibilidade de comprar horas lá na Batuta (é assim que se chama). Decidimos que ele vai no máximo 5 horas por dia e não todos os dias. Assim, consigo fazer muitas coisas e a principal, ir a entrevistas. Estou mesmo contente e feliz. O meu amor não deixa de lá ir brincar (porque ele adora) a mamã faz a vidinha dela quando preciso e, quando o emprego bater à porta ele não deixou de estar adaptado ao infantário o que é maravilhoso. Não concordam? E por que é que a burra (eu) não pensou nisto mais cedo?

Eu tento ser tão perfeita enquanto mãe (impossível) e penso tanto no bem estar do meu filho, que às vezes (algumas vezes) acontecem falhas destas e fico careta. Enfim!!

1 comentário:

  1. Hoje em dia as creches estão a adaptar-se às novas realidades e acabam por ter esses "pacotes" que combinam na perfeição com o que vives nesta altura.

    ResponderEliminar